21 out 2018 domingo 21:00
Sala 2
Amaro Freitas Trio · Polish-Portuguese Improvisers’ Orchestra
Outono em Jazz
21 Outubro 2018 Amaro Freitas Trio Polish-Portuguese Improvisers’ Orchestra
  • tags:
    Sala 2

    Amaro Freitas Trio

     

    Amaro Freitas piano

    Jean Elton baixo

    Hugo Medeiros bateria

     

     

    Polish-Portuguese Improvisers’ Orchestra

     

    Piotr Damasiewicz trompete e composição

    Maciej Obara saxofone alto

    Adam Pindur saxofone soprano

    Paweł Niewiadomski trombone

    Pedro Sousa saxofone tenor

    Angelica Salvi harpa

    Miguel Mira violoncelo

    Dominik Wania e Rodrigo Pinheiro piano

    Ksawery Wójciński e Hernani Faustino contrabaixo

    Samuel Hall e Gabriel Ferandini bateria

     

     


     

     

    Amaro Freitas Trio

    A cultura de Pernambuco transborda naturalmente no estilo de Amaro Freitas, pianista e compositor de 26 anos que é uma das grandes revelações do jazz brasileiro recente. Influenciado pelo mestre do frevo Capiba, por Moacir Santos, Hermeto e Gismonti, mas também pelas grandes referências do piano jazz como Monk, Jarrett ou Corea, lançou o seu disco de estreia Sangue Negro em 2016 e conquistou de imediato a crítica, que nele encontrou uma nova vida no piano jazz, e o Prémio MIMO Instrumental de 2016. Muito para lá do sempre predominante samba jazz, Amaro Freitas volta-se para a cultura nordestina e traduz o frevo, o baião, o maracatu, a ciranda ou o maxixe para a linguagem do jazz. Contratado recentemente pela etiqueta londrina Far Out, o pianista natural do Recife prepara agora o lançamento do seu segundo disco, Rasif.

     

     

    Polish-Portuguese Improvisers’ Orchestra

    Este é um projecto especial encomendado pela Casa da Música que junta o ensemble polaco de free jazz Power of the Horns a destacados músicos portugueses. Com uma identidade próxima de orquestras históricas pelo enorme investimento na criatividade dos seus músicos, como a Sun Ra Arkestra e o Art Ensemble de Chicago, o Power of Horns procura constantemente novas possibilidades na música de conjunto. Para este concerto, o trompetista Piotr Damasiewicz criou composições inspiradas no seu fascínio pelo jazz português e convidou o Red Trio para formar a dupla secção rítmica ao lado dos músicos polacos. Um desafio artístico e um concerto imperdível que lança pontes entre duas culturas musicais. 

    Comentários

    • Amaro Freitas Trio
    • Polish-Portuguese Improvisers’ Orchestra
  • Folha de sala
x
A Fundação Casa da Música usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras. Para obter mais informações ou alterar as suas preferências, prima o botão "Política de Privacidade" abaixo.

Para obter mais informações sobre cookies e o processamento dos seus dados pessoais, consulte a nossa Política de Privacidade e Cookies.
A qualquer altura pode alterar as suas definições de cookies através do link na parte inferior da página.

ACEITAR COOKIES POLÍTICA DE PRIVACIDADE